Seminário “Arquitetura em Terra – Um projeto com futuro”

SAT Banner

A Associação Centro da Terra encontra-se a organizar o Seminário “Arquitetura em Terra – Um projeto com futuro” que terá lugar na Biblioteca Municipal de Santiago do Cacém no dia 9 de novembro de 2019.

Com a realização deste evento a CdT tem como objectivo, partilhar e promover a disseminação de conhecimento e o debate interdisciplinar sobre os temas e desafios que envolvem este tipo de construção.

Deste congresso resultará a publicação de um livro de atas em formato eletrónico com os resumos e as comunicações apresentadas no congresso.

DATAS IMPORTANTES

Data limite de submissão de resumos: 30 de setembro de 2019
Data de notificação dos autores: 11 de outubro de 2019
Data limite de inscrição no congresso – preço reduzido: 04 de outubro de 2019
Data limite de inscrição no congresso – preço normal: 25 de outubro de 2019

O evento destina-se a todos os profissionais da área da construção e ao público em geral.

Inscrição obrigatória - https://forms.gle/u2KnZ9AqAcpAGmvSA

Em breve, serão disponibilizados o programa preliminar do evento.

Para estar a par das atualizações siga-nos no facebook.

 

Assembleia Geral do ICOMOS Portugal

FAUP

 Nos termos do Artº 15 dos Estatutos do Comissão Nacional Portuguesa do ICOMOS, no próximo dia 16 de Março de 2019 terá lugar a Assembleia Geral Anual. A Assembleia Geral está agendada para as 10:30 e decorrerá na Sala Plana da Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto.

Consulte aqui a Convocatória da Assembleia Geral.

ICOMOS International "Journeys to Authenticity" Initiative

BACKGROUND

There has been much discussion in the heritage field following the devastating fire at Notre Dame Cathedral, Paris, this year, on how rebuilding will engage with the concepts of authenticity and integrity. The international debate has been diverse and, of course, ICOMOS members engage in this discourse every day through the decisions they have to make worldwide about diverse conservation projects, large and small.

The ICOMOS Emerging Professionals Working Group (EPWG) is leading a project on behalf of the Advisory Committee to share and promote wide discourse about national, regional, and international interpretations of the different pathways we take with regards to the critical heritage conservation concept of “AUTHENTICITY”. Through this project, all ICOMOS Committees are invited to share current definitions and interpretations of authenticity and integrity as applied to their work, and demonstrated through project examples.

Specific case studies might be used to evoke discussion of the various approaches, definitions, methodologies, and complexities which practitioners and researchers are confronted with in their local projects. Discussion might include projects ranging from seismic retrofit to designing alterations, adaptations, and extensions, repairs and reconstructions, which all involve decision making about impacts on authenticity and integrity. It might include unbuilt (hypothetical) proposals. The EPWG would like to create a platform for open discourse to share these ideas, solutions, and discussions. Formats of communication might include posters, live feeds, blog posts, reports, PPTs, video interviews or presentations, for example.

We hope that the “Journeys to Authenticity” Initiative will be an opportunity for collaboration and mentorship between established ICOMOS members and emerging professionals, enabling intergenerational dialogue about these concepts and encouraging the use of diverse communication media and strategies.
The Advisory Committee Officers and ICOMOS President Toshiyuki Kono warmly support this initiative and encourage all ICOMOS committees to actively engage in this project, collaborating with emerging professionals, with a view to generating a platform for discussion.


CONTRIBUTION OF ICOMOS COMMITTEES

We propose the following steps to define how ICOMOS Committees will contribute to the initiative.

Information on this initiative will be presented during various Advisory Committee Sessions in Marrakech, to identify potential approaches for Committees (ADCOM Meeting, Scientific Council Meeting, EPWG Meeting)

Possible questions for discussion include:

  • What are the existing national and regional definitions of authenticity and integrity?
  • To what extent have local definitions or interpretations of authenticity evolved to-date?
  • How are the established definitions of authenticity applied in practical terms in conservation projects?
  • What are the common challenges or complexities?

Please feel free to send us other suggested questions for discussion.

KEY REFERENCES

An important aim of this initiative is to expand on the scope and findings of existing discourse, with reference to the following documents:

Document on Authenticity (1994)
Nara +20: On Heritage Practices, Cultural Values, and the Concept of Authenticity (2014)
ICOMOS Documentation Centre Authenticity Reference List

 

Palácio de Mafra e Santuário do Bom Jesus em Braga - PATRIMÓNIO MUNDIAL

O ICOMOS Portugal saúda a inscrição do Conjunto Palácio, Basílica, Convento, jardins e tapada de Mafra e do Santuário do Bom Jesus do Monte em Braga na lista do Património mundial da UNESCO, bem como a inclusão do Museu Machado de Castro na inscrição da Universidade de Coimbra que devido a problemas de ordem administrativa não tinha sido abrangido no perímetro da área inscrita em 2012.

Trata-se de um reconhecimento muito relevante para o património português e a sua relevância em termos internacionais.

As candidaturas apresentadas pelo Estado Português propunham a inscrição de Mafra pelos critérios i, ii iv e vi e o Bom Jesus do Monte pelos critérios ii e iv.

O ICOMOS Portugal acompanhou a visita dos peritos internacionais que no passado mês de setembro/outubro realizaram uma avaliação técnica aos dois sítios a qual contribuiu para o parecer final do ICOMOS internacional apresentado esta manhã ao Comité do Património Mundial. O Parecer final do ICOMOS propunha a devolução ao Estado parte dos dois dossiers com pedido de mais informação por considerar que apesar de estar demonstrado o valor universal excepcional dos dois bens, havia dúvidas sobre a demonstração dos critérios propostos, bem como relativamente às questões da gestão dos bens. O parecer considerou no entanto que nos dois casos o critério iv estava claramente demonstrado. Foi com base nesse consenso que o Comité aprovou sem necessidade de votação a inscrição dos dois sítios portugueses incluindo no projecto de decisão os pedidos de esclarecimento e de aprofundamento relativamente às dúvidas técnicas.

Desta forma o Estado Português comprometeu-se a enviar até 1 de fevereiro de 2020 os elementos e as respostas às questões incluídas no projecto de decisão.

Estes dois bens integravam a lista indicativa portuguesa do Património mundial da UNESCO processo em que o ICOMOS Portugal teve um papel relevante.

Consulte aqui o recorte de imprensa da publicação em Lifestyle.

Conferência Internacional CIAV-ISCEAH 2019

O ICOMOS-ISCEAH (Comité Científico Internacional de Património Arquitetónico em Terra) encontra-se a organizar com o ICOMOS-CIAV (Comité Internacional de Arquitetura Vernácula) e o ICOMOS-China, a conferência internacional e reunião anual CIAV-ISCEAH 2019.

CIAV-ISCEAH 2019 irá realizar-se de 6 a 8 de setembro de 2019, na cidade histórica Património Mundial de Pingyao, na China.

O tema principal da conferência internacional é: “Arquitetura vernácula e de terra para o desenvolvimento local”.

Mais detalhes e formato do resumo disponíveis no website do evento, em: http://2019ciav-isceah.whitr-ap.org

Os resumos podem ser enviados até dia 10 de abril, para: This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Os artigos aprovados para apresentação serão publicados no livro de atas da conferência.

Mais de 50 especialistas, provenientes de 15 países, dos 5 continentes, e representantes do ICOMOS-ISCEAH, ICOMOS-CIAV, e PROTERRA já confirmaram a sua presença.

 

Declaração sobre revogação de proibição do azoto para efeitos de conservação e restauro

O ICOM (International Council of Museums) e o ICOMOS emitiram uma declaração conjunta apelando aos ministérios nacionais dos Estados membros da União Europeia, ao Parlamento Europeu e a todas as instituições europeias responsáveis por regulamentação, apelando à revogação, sempre que possível, da classificação do azoto enquanto substância biocida activa para as aplicações na preservação do património cultural na UE.

O azoto é utilizado no mundo inteiro para a preservação de monumentos e objectos de museus, no quadro da gestão integrada de pragas, em lugar de outras substâncias químicas potencialmente perigosas. Não existe uma alternativa equivalente ao nível da protecção da preservação e da saúde humana, tanto para o pessoal como para os visitantes do património cultural.

Os signatários da petição convidam a Agência Europeia dos Produtos Químicos a apoiar esta iniciativa e a revogar, tão cedo quanto possível, a interdição da utilização de azoto na preservação do património na UE.

Leia, aqui, a declaração conjunta do ICOM e ICOMOS.

 

More Articles ...